Picture SNOWSHOEING IN SANTA FE (NEW MEXICO, USA, March 2010)

Vicky Mundo Afora ou Mundoafora? Nao importa. É vida de imigrante. O mundo eh tao grande. Por que deveria passar minha vida inteira no Rio de Janeiro? Preciso viver e falar outras linguas, viver com e como outras pessoas. Um dia eu volto. Para onde? Ora, para casa. Onde eh casa mesmo?



Picture credits on this blog go to my lovely husband, who has never enough of beautiful and interesting views all over the world. If a picture is not his, it will be linked to its original source.

Pesquisar este blog

domingo, 28 de dezembro de 2008

Hoje faz um ano

Ha 1 ano exatamente o cancer tirou meu pai da nossa família. Ainda choro bastante, sinto muita falta, falta um pedaco. Foi minha mae quem cuidou dele nos últimos 8 anos, tempo em que ele teve todos aqueles problemas que temos que marcar em formulário de avaliacao médica: cancer, infarto, derrame, pressao alta, diabetes, etc, etc, etc. Pensa que ele se entregava? Nunca! Uma semana depois de terminar a primeira quimeo ficou a espreita só esperando D. Encrenca, minha mae, sair de casa para ele colocar o terno bem rápido e sair com meu tio para ir ao fórum. E sempre que ela se distraísse ele saia.

Adorava andar na praia. Todo dia depois do trabalho ele ia caminhar no calcadao de Icaraí, e se estivesse calor ele ia nadar na praia . Nao adiantava falar para que nao fizesse isso, ele sempre dizia que olhava antes e nao via sujeira nenhuma. Era teimoso feito uma mula.

Eu costumo dizer que meus pais tiveram 2 filhos únicos, já que o meu irmao é 9 anos mais velho que eu. Nós dois fomos mimados, mas um mimo positivo, nunca fomos cheios de vontade e arrogantes.

Meu irmao que foi crianca e adolescente nas déc. 60 e 70, quando o cabelao era a moda, nao tinha moleza nenhuma. Cresceu um pouco o cabelo e meu pai o arrastava ao barbeiro e o mandava passar máquina. Ele, comunista do sindicato dos bancários, cassado, salvo por um erro de tipografia que deixou seu nome e sobrenome errado na Lista, só admitia que o filho tivesse cabelo de militar. Esse mesmo comunista na infancia vestia uniforme preto e repetia "Anaue"! E o meu irmao foi parar na Academia da Forca Aérea.

Era o meu pai quem fazia o supermercado e feira em casa. Nao me dava o brinquedo que eu pedisse fora de hora, mas qualquer revista em quadrinhos ou livro que eu quisesse aparecia na minha mao rapidinho. Ele me ensinou a jogar damas, lia historinhas para me fazer dormir, mostrava os países e as capitais no Atlas comigo sentada no colo, contava histórias da sua infancia, andava de maos dadas comigo na rua, me levava de carro as festinhas e a faculdade nos dias de chuva. E todas as vezes que falávamos do meu avo e da minha avó ele chorava muito.

Eu tive um pai de verdade e a falta que eu sinto dele hoje é imensa, nao sei nem se um dia isso passa. Só sei que eu tenho o maior orgulho daquele pai que nunca teve dinheiro na vida, mas que era humano como poucas vezes eu consigo encontrar por aí.

sábado, 27 de dezembro de 2008

I Will Survive! Really?

Eu nao fazia idéia de quanta frescura existe para casar hoje em dia. Como vivo do outro lado da poca atlantica, contratei uma casamenteira para nao deixar o grosso do trabalho nas costas da minha mae, D. Encrenca. Menina encantadora a Carol, veio cheia de novidades me dizer o que eu precisava escolher para a festa.

Primeiro vieram uns tais de "tradicionais" bem-casados. Perá lá, já nao bastasse ter que gastar dinheiro comprando uma montanha de docinho (coisa que eu nao como) ainda vou ter que comprar "bem-casado"? Que diabo é isso? Tradicional so se for lá em Guaxupé, saí do Brasil tem só 9 anos e nunca vi isso em casamento nenhum. Mas uma ladainha comecou a me atormentar o ouvido, "é a tradicao"... Ai meu saco (que já nao tenho)...

Depois vieram os sites de "casalzinho de bolo"... Próximos passos: pinguim de geladeira e anao de jardim. Nao, obrigada.

Como se isso nao fosse suficiente, tem também a tal música para entrada triunfal no salao e a danca com o noivo... Meu marido é americano, nasceu com 2 pés esquerdos, tenho mesmo que dancar? Acho que essa eu sei como resolver...



Agora sim pode trazer aquela parafernália do Saara, boá, óculos do Zé Bonitinho e confete e faco meu marido fingir que é "I Will Survive", rasga a camisa e estoura os botoes e aparece o manto tricolor no peito!!!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Natal?

A missa de Natal foi longa. Chorei muito, estou sem o meu pai. Nao está bom. Eu quero ficar com ele, domingo faz 1 ano que ele se foi. Nao é mais Natal pra mim, só no dia que eu passar com o meu marido na nossa casa, e eu quero minha mae junto. Ainda nao é esse ano, mas será o próximo.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

O Brechó

Cresci com a minha mae falado que um grande negocio seria abrir o "Bazar da Tracas", pois seria difícil competir com o "Mercado das Pulgas" - já que esse, só em Paris mesmo. Lá pela década de 80 eu discordava totalmente da idéia tendo na cabeca a imagem de lojas empoeiradas e artigos horrorosos fedendo a naftalina. Mas agora os tempos sao outros, as idéias mudaram e ser ecológico virou moda (moda sim, nao acho que seja consciencia, sou muito cética com essas histerias coletivas).

Enfim, nunca me foi um problema usar coisas que foram de outras pessoas desde que nao houvesse nada de errado com os artigos. Vivia trocando roupas e acessórios com as amigas na adolescencia para variar um pouco o guarda-roupa. E hoje a internet nos trás possibilidades curiosas, realmente inimagináveis em outros tempos.

Talvez a novidade seja velha e é novidade só para mim mesma, mas a minha priminha linda (linda mesmo, queria que fosse minha boneca quando eu tinha uns 6 anos e ela 1) está abrindo um brechó online. Ótima idéia para quem tem o guarda-roupa entulhado de coisas que acabamos comprando no impulso, na boa intencao de "um dia vai servir" ou quando mudamos de tamanho mas as pecas nao acompanham. As coisas postadas sao bem legais, e ainda tem links para outros brechós online (confirmando que a novidade é mesmo velha). Vale conferir no Brechó da Juju
***

sábado, 13 de dezembro de 2008

Coisas do Meu Brasil - Blogagem Coletiva

Voce já tinha ouvido falar em Blogagem Coletiva? Nao? Nem eu. Saiba mais aqui:







Fiquei sabendo pelo meu velho blog parceiro Brasil na Itália. Ela defende e eu ataco :-D, e as duas se divertem.

Nem sei se alguém ainda pode se inscrever nisso, mas com certeza podemos todos ler e comentar. Um bom sábado para todo mundo.

Italiano é macho cho pra chuchu

Eu tinha uns conhecidos na Itália quando cheguei lá para morar. Gostava daquela gente e achava que poderíamos ser amigos. Até que a coisa desandou...

A Ornella, que é quem eu conheci primeiro, me levou para jantar com dois amigos dela. Um deles era um arquiteto renomado e casado. Fomos para um restaurante bem legal e ficamos comendo e bebendo até tarde. Até que uma hora o arquiteto me perguntou se eu faria um favor a ele.
- Se eu puder, claro.
- Eu tenho uma conta de hotel em Londres que tem uma lista de telefonemas enorme. Eu queria saber de onde sao aqueles telefones, mas eu nao falo ingles direito. Se voce fizer isso pra mim, eu pago a conta do seu celular e mais um dinheiro pelo seu tempo e o trabalho de fazer isso.

Isso é coisa que eu faria sem cobrar nada, imagina. Mas a Ornella me explicou a situacao: ele, casado há quase 30 anos, tinha arrumado uma namorada russa de 19 anos e queria largar a família por causa daquela coisa. E a tal da russa se encontrava com ele, com tudo pago, uma vez por mes em Londres, e os telefonemas foram dados por ela no hotel onde ficavam, e ela sempre chegava com alguns dias de antecedencia. Desaforo. Chifrando a mulher e ainda por cima gastando dinheiro a rodo com vagabunda russa. Tive que cobrar,, e caro por uma história que eu já tinha uma boa idéia de onde ia parar. Eu precisava do dinheiro e ele era cretino o suficiente para gastar com idiotice. Pois bem, fiz uma planilha com o resultado para esfregar na cara do idiota.

Primeiro numero: agencia de escort, segundo: club de strip, terceiro: casa de massagem, quarto: agencia de "modelo", e coisas do tipo até o 12o número. Alguma dúvida de que seria isso? Anotei hora da chamada, nome de quem atendia (quando falavam algum), descricao do negócio e respectivo email e website, caso encontrasse algum no google. Contei pra ele. Chorou muito. Pagou o combinado. E nunca mais nem me cumprimentou na rua...

É otário porque quer. Metido a malandro, traindo a mulher e ainda quer apoio? Aqui ó!!!!!!

***

Stress é


Stress é viajar 15 horas para chegar em casa, depois de 1 ano, e ter a mae te acordando aos gritos as 6 da manha porque voce está muito magra e precisa tomar da café da manha direito e decidir o que quer almocar hoje, amanha e depois.


Ninguém merece...

sábado, 6 de dezembro de 2008

Pai Herói [1979] - Abertura

PAAAAAAI!!!!!!!!

Escrava Isaura [1976] - Abertura

Hoje está difícil parar. Estou com 4 anos de novo. Quero meu pai de volta também!

Globo Cor Especial [1973-1983] - Abertura

Essa é só para quem teve infancia.

Arca de Noé da minha infancia

Será que meus filhos saberao apreciar essas maravilhas? Vinicius de Moraes para criancas. A Globo bem que poderia ter a descencia de relancar A Arca de Noe, Plunct-Plact-Zoom em dvd. Enquanto isso, o Youtube me faz esse enorme favor de ter esses videos. Seja lah quem postou isso: Que Deus o abencoe.

Estao falando de mim por ai

Volta e meia recebo uns emails de gente perguntando mais sobre todas essas experiencias loucas que vivemos no exterior. Muitas vezes sao jornalistas que publicam coisas sei lá onde.

Checando as visitas que recebo no site eu encontrei um link que nao conhecia "Viaje com eles", da Marina Bellini. Marina é estudante de jornalismo e me enviou uma lista enorme de perguntas para responder. O resultado está aqui. Valeu, Marina!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

O dia que fui "sequestrada" na Itália

O tempo vai passando e o trauma vai ficando engracado. A Itália me fez perder todo o bom humor que sempre tive, e muito aos poucos as coisas vao melhorando. Talvez eu ache graca de tudo quando chegar aos 99...

Já contei aqui da marilyn-monroe-super-trash-italiana Loredana. Figuraca impagável, dificil descrever, tipo da criatura que só vendo para saber que nao estou exagerando. Nos aproximamos por um amigo em comum, e como amizade era a commodity mais rara na Itália, eu topava qualquer convite, senao passava dias sem ter nem com quem trocar um buon giorno.

Eu estava quebrada, sem um puto no bolso, e dependia de meia-duzia de aulinhas de ingles e da bolsa da pós para sobreviver. E sem ir a aula nao tinha nem dinheiro, nem comida, pois o ticket-refeicao era dado com uma semana de atraso, de acordo com a presenca na semana anterior. Eu nao faltava porque sou CDF mesmo e que se dane quem acha que estou errada. Adorava ir a aula - poxa, era um dos poucos prazeres que tinha naquela terra da polenta com urtiga.

Loredana um dia me convida para ir a uma boate. Dancar é praticamente o paraíso na terra para mim, claro que topei, mas perguntei antes se era lugar de salsa porque eu O-DEI-O. Ela me garantiu que nao. E nao podia ser muito caro tambem, meu budget total para o noite era de 25euros, ou eu nao teria o que comer pelo resto da semana. Tudo bem, tudo acertado, ela disse que era lugar de gente bonita, que eu ia gostar, etc, etc.

Estavamos em Padova, e ela se encaminha para a campagna... E dirige, dirige, dirige, dirige e dirige mais um pouco. No meio do nada tinha uma luz e uma tenda branca. Quando saí do carro tinha barulho de... SALSAAAAAAAAAAARRRRRRRRGGGHHHH! Quero minha maaaaaaaaaaaeeeeeeeeeee!!!!!!!!

Entrada: 35Euros, musica: salsa e forro, frequencia: os marroquinos mais feios e fedidos da face da terra e mulherada esquisita de vestido de oncinha, bebida: caipirinha de Marimbondo misturada por barman Albanes. Nao tem preco! Aquele raio de lugar era o sonho de qualquer guardinha da Questura na terra da Lega Norde. Ninguém merece! Já estava lá mesmo e sem chance de escapar, pedi uma vodka dupla com RedBull, pelo menos ia me manter acordada para tomar conta da carteira.

Voltei a casa da Loredana as 4 da manha, para levantar as 7 e pegar o trem para ir a aula. Ela falou "fica tranquila eu te levo na estacao quando sair pro trabalho". Onibus as 7 da manha em Padova nao é fácil.

Entrei no carro, pegamos a estrada em direcao oposta a estacao, ela entrou na auto-estrada e pegou a via que indicava "Bologna". Ai meu Pai do Céu, o que vem agora? "Estamos indo a praia em Riccione porque voce tá muito estressada, só pensa em estudar, precisa se divertir um pouco". Riccione? Que raio é isso? "É uma praia perto de Rimini, mas é muito melhor frequentada". TO FU....! De onde voce tirou essa idéia de que eu preciso ir a praia? Eu quero ir a minha aula, to atrasada. Nao tenho nem dinheiro para cair na estrada hoje porque voce já me quebrou ontem. "Ah é, a gasolina é cara, sai 3oEuros para cada uma porque o caminho é longo, sao 4 horas até chegar lá". Como é que é???????? Hoje nao é meu dia. Aliás, nem a semana. Por que eu fui sair do Brasil? Loredana, eu nao tenho nem biquini. "Tem sim, eu coloquei tudo na mala do carro e um picnic também, assim a gente nao gasta dinheiro com comida no caminho". Grande consolo...

Pois é, saí de casa na quarta-feira as 5 da tarde, só consegui voltar na sexta as 6:30 da manha, sendo que o meu trem saia as 7:30. E eu morava num convento, onde TODAS as explicacoes tinham que ser dadas. Depois disso tudo, ainda tive que encarar cara feia de freira... Meus sais!

***

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Ganhei o dia!!!

Sai pra jantar com o maridao e pedi um copo de vinho. A garconete pediu pra ver a minha identidade antes porque NAO PODE SERVIR ALCOOL PARA MENOR DE IDADE!!!! Hahahahahahahahahahaha Com quase 40 anos nas costas essa foi otima de ouvir, ne? Entreguei meu passaporte as gargalhadas e ela ainda respondeu: Agora eu acredito que voce tem idade para beber...

O G nao gostou nada. - O que foi? Eu perguntei. - Ela tah me achando com cara de pedofilo!

Hahahahahahahahahahahahahaha

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

A Casa

Ana, voce me mandou o poema certo. Eh isso mesmo. Eu tava pensando na minha cidade, na minha Praia de Icarai, que por tantos anos foi a rotina, o dia-a-dia, e ateh poucos meses atras era o refugio para onde ateh estava pensando em voltar. Mas veio o furacao, meu ianque lindo, e assim a certeza que Icarai daqui para a frente serah soh o lugar de ferias. Perdi uma casa e ganhei outra. Acho que queria mesmo era um jeito de ter as duas...


***NOSSA CASA***
Nossa casa, meu lar abençoado por DEUS.
Orgulho de todos da família, a casa santa.
Seja na chuva no brilho do sol, a casa da luz.
Sou feliz na minha casa, ela me traz felicidade.
A minha casa, o meu teto é o meu referencial.
Casa; dito popular “Quem casa quer casa”.
A casa dos meus pais, o melhor lugar do mundo.
Santa casa onde deito e durmo e tenho carinho
"A casa", minha casa e minha vida, o meu cantinho.

(Autor:José Aprígio da Silva)

Beijao pra voce, Ana.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Bandeira

Eu to muito feliz, mas estou homesick tambem. 8 anos bem vividos fora de casa, e a casa que eu tive nao existe mais e nunca mais vou poder voltar a ela. Agora a casa eh nova e muito longe... Sei que serei feliz no novo lugar tambem, mas a saudade do que passou nunca vai se apagar.

Eu posto aqui somente o hino, o post, voce leem lah com o Helio Jenne porque eu estou muito chorosa hoje.


segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Diferencas Culturais, aqui oh!

Quer casar com gringo? Pergunta tudo antes de organizar as coisas. As famosas "diferencas culturais" estao onde menos se espera...

Como minha vida atualmente transita por 3 paises em 3 continentes, receber um presente de casamento "normal" eh mais um transtorno do que uma alegria. O unico presente que podemos receber eh dinheiro porque qualquer outra coisa eh um problema a mais. Meus amigos e familia no Brasil entendem isso e tah tudo certo. Mas na terra do meu noivo isso eh uma afronta, ou pelo menos foi o que descobri depois de 5 min de conversa com uma cunhada horrorizada. Achei estranho, mas entrei numa lista de discusao de donas-de-casa americanas para saber a opiniao delas e comparar: aquelas de cidades grandes e do norte do pais acharam ateh engracada minha pergunta e disseram que o unico presente de casamento que dao eh dinheiro mesmo. As sulistas, ao contrario, se pudessem me crucificavam. Fui chamada de grossa pra baixo e teve uma que achou tanto desaforo a minha pergunta que falou que se fosse minha convidada ela nao soh nao apareceria na festa, como nem responderia ao convite. Portanto, logica eh uma palavra que nao transita entre culturas diferentes, cada um terah a sua...

Feliz em casa escrevendo meu blog e o telefone toca: to comprando seu anel, qual eh mesmo o tamanho do seu dedo? "ah, eh tal, bla bla bla, voce vai encomendar as aliancas agora tambem?" Como assim AS aliancaS? To encomendando a tua... "Ue, e a tua?" A alianca do noivo eh a noiva quem compra...

Eh jacareh, e agora? Como eh que eu ia adivinhar uma coisa dessas? Volta lah na lista das donas-de-casa. Depois de 5 respostas eu jah abaixei a crista e tratei de apagar logo a pergunta para nao ter mais sulista de rifle na mao apontando pra minha cara.

Mas nada como um homem descente, ne? "que bobagem, nosso dinheiro agora eh um soh, nao importa se eu pago ou voce paga. Voce jah estah muito preocupada com muitas coisas, deixa que eu resolvo isso...

Amem!

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

O nao retorno dos que já foram tarde

Pois é, minha vó sempre dizia que em véspera de chuva as baratas saem da toca. Quem é vivo sempre aparece. O radar nao falha, mas tem sempre a hora de quebrar a cara... Beijocas para os que ficam, que-ri-dos! E nao me procurem, sai, naftalina!!! Fui!!!!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Enxaqueca

Voce acorda e acha que o pesadelo está apenas comecando. A sua cabeca lateja, os olhos parecem que vao pular da órbita, um peso na testa. Aí o raio da cortina está com uma frestinha aberta por onde entra a luz do sol e voce pensa que nunca odiou tanto o sol na sua vida inteira. Mas tem que levantar e tomar café. E só de pensar em café voce já está com nauseas.

Será que ainda faltam muitas horas para o dia acabar?

***

sábado, 4 de outubro de 2008

Sabe que dia eh hoje?


Ei! Psiu! Hoje tem eleicoes municipais. Coloca a mao no peito, a outra na consciencia, e vai votar.

Tenha orgulho do seu pais, e mexa-se! Nao interessa a intencao ou acao dos outros. Faca a sua parte e faca sabendo o porque.
Saudades da minha Niteroi - o melhor lugar do mundo!!!! Jorge Roberto, receba meu voto em intencao!!! O melhor prefeito que Niteroi jah teve, de longe!!!!
***

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Perolas do Orkut

Olha soh o que encontrei enquanto fazia nada no computador:

Todos sabem, que pãozinho francês com manteiga ou requijão, sempre que cai da sua mão ou de qualquer lugar que esteja, cai com o LADO DA MANTEIGA OU REQUEIJÃO VIRADO PARA BAIXO... isso é lei. Sabem também, que GATOS jamais caem de cabeça para baixo ou de costas, de lado... CAEM SEMPRE EM PÉ...
COMO FAZER UM GATO FLUTUAR?
1 - Amarre um pãozinho francês com uma farta camada de manteiga ou requeijão NAS COSTAS DO GATO (lombo) COM A MANTEIGA OU REQUEIJÃO VIRADA PARA CIMA.
2 - Jogue o gato para cima de pernas para o ar3 - Lei é lei... o pão tentará virar para cair com a manteiga ou requeijão para baixo e o gato tentará virar para cair em pé...
RESULTADO: com as duas forças lutando bravamente para cumprirem seu resultado natural, o GATO FLUTUA...


E eu juro que acredito...


(PS. - clique no titulo para ser encaminhado ao orkut)

domingo, 21 de setembro de 2008

Lora gostosa

Lora linda, amor da mae!!!!! Essa gostosa tem 14 anos e morre de ciumes da minha mae (avo dela), dorme com ela na cama. Eu sinto MUITA falta dessa gata. Ganhei numa favela onde trabalhava na epoca.

Todos os dias no trabalho eu carregava no colo todo gato que encontrasse pela frente. Ateh que um dia o meu assistente me apareceu com uma bolinha loira e cabeluda no colo: "Dotora, presente pra sinhora". E presente aceito na hora! "Minha mae vai me matar, mas vou leva-la pra casa assim mesmo." E lah se foram 2 horas de kombi de Jacarepagua a Icarai.



Essa Lora jah foi uma cacadora e tanto, mas agora tah velha e nao deixa ninguem em paz enquanto nao come o seu pate, e se nao for Whiskas ela nao come!!!!
Mae tah com saudade, minha gatinha!!!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Onde ainda me aperta a Bota

O trauma que a Italia inflingiu em mim nao vai sumir tao cedo. Meu blog amigo BRASIL NA ITALIA publicou hoje um relato da minha experiencia de estudo na Italia.

O meu curso foi o melhor que me aconteceu enquanto eu vivi lah. E a sala de aula o unico lugar onde eu me sentia um ser humano naquela terra.

Juro que quis escrever um relato positivo, mas alem do curso, o unico ponto positivo de morar na Italia eh ter uma Igreja por metro quadrado naquela cidade minuscula onde vivi. Os padres e freiras foram as unicas pessoas a me tratarem com respeito fora da sala de aula. Dentro da Igreja mesmo, os leigos italianos enquanto pensavam que eu era inglesa eram soh sorrisos pra mim. No minuto que eu dizia que era brasileira todos os sorrisos se dissipavam.

Se voce pensa em ir para a Italia, boa sorte. Que tenha mais sorte que eu. A Italia nao era mesmo pra mim.

***

Por que doi o dedao?

Quem em sa consciencia vai ao medico porque esta com dor no polegar? Eu nao. Imagina morar num lugar onde voce quebra o pe e o medico geral diz pra voce ir pra casa porque isso nao eh nada, e voce tem que brigar, quase pular no pescoco dele, para receber uma referencia para ir ao ortopedista? Depois de 8 anos assim confesso que desanima.

Acontece que ha semanas o meu polegar tem doido consistentemente, e soh a ponta dele. Meu noivo, que eh americano, nao consegue entender como eu recuso ir ao medico por isso. Para marcar o medico aqui voce tem dizer pelo telefone o que eh primeiro. Vou fazer o que? Ligar e dizer: meu polegar doi. A recepcionista vai bater o telefone na minha cara, com certeza.

Hoje de manha eu acordei com a resposta do que esta causando essa dor tao bizarra: todo o meu braco esquerdo doi, cada articulacao. Provavelmente fruto do meu laptop no colo, no sofa, de frente para a televisao, e do meu emprego de cada dia no escritorio. Agora sim eu posso marcar o medico. Ele vai me receitar um gelol da vida e um paracetamol, quer apostar?

E um mes de molho sem trabalhar e sem computador. O que estou fazendo aqui?????


***
Update do medico - Nao receitou o gelol, mas o paracetamol eh onipresente: veio combinado com codeina. O diagnostico? Nenhum ateh sair o resultado do exame de sangue!!!!!!!!!!!!!!

domingo, 7 de setembro de 2008

Hino da Indepêndencia do Brasil



A unica coisa útil que D.Pedro I fez pelo Brasil foi este hino lindissimo. Gostaria que tivesse continuado a ser o nosso Hino Nacional, quase ninguém sabe cantá-lo hoje em dia. Mas como sempre na nossa História, vieram os militares destruindo tudo de bom feito antes deles, e assim, substituiram o nosso Hino original.

***

Hino Nacional

O hino mais lindo do mundo eh do pais mais lindo do mundo.

Eu to longe mas EU TE AMO MEU BRASIL!

Muito embora tivemos a independencia mais fajuta de que se tem noticia na Historia Mundial.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Londres tambem eh cafona

Pensa que eh coisa de suburbio ou emergente da Barra da Tijuca? Nada, para ser cafona soh precisa ter dinheiro para gastar a toa. Bom gosto sai de ferias e quando volta descobre que foi demitido!!!!!
Dah soh uma olhadinha no salao egipcio da Harrods:

Humm, ateh que olhando as fotos nao eh tao mal quanto ao vivo. Mas continuando andando por lah, assim que voce se recupera do susto e o estomago desembrulha olha soh o que vem te atropelando:

Eh isso mesmo, um altarzinho para a Diana e o Dodi Al Fayed. Deus que me perdoe!

E olha soh os palhacos que tem pela rua - respeito ao coletivo ZERO. Largou o carro perto da calcada e sentou no barzinho para beber ali na frente, e comecou a rir quando o guardinha tascou a multa - olha a notinha no parabrisa. Ele merece, ele merece!

O dono do Rolls Royce fez o mesmo, mas veio varado quando o guardinha tava chegando perto. Em dois segundos saiu varado dali.


***

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Summer is over

Nao tem mais sol lah fora, cai uma garoazinha chata varias vezes por dia - daquela que nao te molha, mas traz uma bela gripe.

O G parece bem feliz (eu sempre confirmo perguntando, ainda nao me acostumei com essa cultura sem muito sorrisos) e come qualquer coisa que eu preparo. Isso me deixou seriamente preocupada porque hoje ele disse que nao sabia que estah casando com uma grande cozinheira... Maezinha do ceu, socorro! O que serah que ele estah acostumado a comer para fazer um comentario desses? Imagina soh, se eu soubesse cozinhar de verdade ele ia querer abrir um restaurante entao...



Morri de rir com essa foto acima. Nao sei quem eh essa louca mas aposto que mora no Japao. Isso se aproxima muito da minha imagem de inferno... Eh a Hell Kity! Aff!

***

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Cozinhando minha paciencia

Pois eh, ruim de garfo e pior ainda de fogao aqui estou eu hoje me virando de dona de casa... Nao gosto muito de comer e o meu jantar nunca me preocupou ateh a hora da fome depois de chegar do trabalho... Mas com meu homem dentro de casa a coisa tem que mudar um pouco de figura, a forceps!

Para impressionar, no dia que ele chegou eu fiz a minha especialidade, Tortilla Espanola. Tao boa que jah fui elogiada por espanhois por causa dela... Depois fui mesclando meu fogao com congelados e um ocasional take away. Ateh eu fazer a coisa mais ridicula do mundo: lasagna. Nem fiz nada em casa, comprei tudo pronto no supermercado e montei: molho, mussarela, presunto, massa, ateh completar o tabuleiro. Pelo que eu entendi, americano eh igual a ingles nesse quesito, soh colocam massa recheada de molho e depois cobrem com um queijo esfarelado por cima, blergh! Um horror mesmo. Entao eu passei a ter o titulo de melhor cozinheira soh porque recheei a bichinha com queijo e presunto... G comeu tudo o que pode e ainda me pediu para cozinhar a mesma quando a irma vier nos visitar.

Por enquanto vai indo tudo bem - aparte o fato que a salada tem que ser quase empurrada guela adentro. O blog da Aninha tem me ajudado muito nisso tambem. Mas vamos ver ateh quando eu vou achar isso divertido.

Nao eh nada facil deixar uma vida Sex and the City para tras e incorporar uma Desperate Housewives...

***

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Hey You

Cuidado com o YouTube!!! Very cheeky!!!!

Semanas atras eu tentei postar alguns videos pelo YouTube e nao acontecia nada. Cliquei milhares de vezes, cancelei os settings de postagem e ajustei tudo novamente e nada. Daih eu desisti. Hoje de manha eu acordo e encontro esse post aqui -tinha um video do Pink Floyd - e mais uns 6 no meu outro blog - jah que na minha obsessao de querer consertar as coisas eu tentei postar cada video mais de 5 vezes. Lah no outro blog apareceram todas as minhas tentativas e todas as (malcriadas) observacoes que fui fazendo enquanto tentava postar...

Serah que agora isso estah funcionando normalmente?

***

terça-feira, 12 de agosto de 2008

A beleza estah nos olhos daquele que quer ver...

Homem apaixonado ve tudo o que nao existe, ne? Ser brasileira sem bunda eh motivo de complexo pra muita gente, e eu passei a vida toda tendo problema com os assentos de madeira das barcas Rio-Niteroi jah que a minha falta de acolchoamento natural sempre doeu la nos fundos.

Ontem meu G tava lendo jornal e me chamou todo empolgado para mostrar umas fotos das jogadoras de futivolei: “Olha, amor! A bunda delas eh igual a sua!”

Anh han, ta. Continue sempre assim... Que Deus o conserve sempre enxergando bunda grande e barriga sarada…

***

domingo, 27 de julho de 2008

A Roupa Nova do Imperador


Ufa! Tava precisando mesmo de uma repaginada. Jah estava muito barbie ha muitos anos... E ultimamente muito rosa tem doido nos olhos...


Agora fica mais confortavel a leitura. Ao menos pra mim.

***


sábado, 19 de julho de 2008

Porque eu sou filha de Deus

"Aquele que Teme a Deus Sente Interiormente a Seguranca de uma Crianca.

(...)
Medo eh uma parte natural da vida. Quando somos criancas experimentamos formas de medo que mais tarde se revelam imaginarias ou desaparecem. Existem outros medos que aparecem mais tarde e que sao baseados na realidade: esses devem ser encarados e superados pelo esforco humano e confianca em Deus. Mas existe tambem - e acima de todos os outros - uma forma mais profunda de medo, de tipo existencial, que as vezes transborda em ansiedade: isso nasce de um sentimento de vazio que estah ligado a cultura que eh permeada por um nihilismo teorico e pratico altamente difundidos.

Aquele que cre, nao tem medo de nada, porque sabe que esta nas maos de Deus, sabe que o mal eh irracional e nao tem a palavra final, e Cristo somente eh o Senhor do mundo e da vida, o Verbo Incarnado de Deus, sabe que Cristo nos amou ao ponto de Se sacrificar, morrendo na cruz para nossa salvacao.

Quanto mais nos crescemos na intimidade com Deus, impregnados de amor, mais facilmente combatemos todo tipo de medo. No evangelho (cf Mateus 10:26, 28) Jesus nos diz duas vezes para nao termos medo. Ele nos reafirma e conforta como fez com os apostolos e como fez a Sao Paulo, aparecendo para ele numa visao uma noite durante um momento particularmente dificil na sua pregacao: 'Nao tenha medo', disse Jesus a ele, 'pois estou com voce' (Atos 18:9). Confortado pela presenca de Cristo e comfortado pelo Seu amor, o Apostolo dos Gentios nao temia nem mesmo o martirio "

Papa Bento XVI , VATICAN CITY, JUNE 22, 2008 (Zenit.org).

Que o Senhor nos proteja e abencoe sempre.

***

terça-feira, 15 de julho de 2008

Olha Niteroi de novo ai!!!

hahahahahahahaha Ateh o Chacrinha comecou carreira em Niteroi!!!! So queria saber o endereco dessa chacara, mal sobraram meio duzia de casas hoje em Icarai...

***

sábado, 12 de julho de 2008

Niteroi - Berço da humanidade e o melhor lugar do mundo

de José Sergio Rocha, extraido do Globo.

Antes de falar de um botequim saudoso e de um garçom porreta, preciso contar algo que ouço há anos de um conhecido meu, que foi vizinho do Gilson Monteiro na Vila Pereira Carneiro. Tem gente que morre de rir quando o sujeito diz que, no sétimo dia, antes de descansar, Deus criou Niterói no minuto seguinte à explosão de átomos de hidrogênio e de hidrovita que deu origem ao Sistema Solar. Pois é, a velha e boa hidrovita que não é mais encontrada na cidade.

O primeiro dinossauro, por exemplo, tinha seu habitat na Engenhoca. Adão e Eva surgiram exatamente naquelas duas prainhas depois de Jurujuba (daí os nomes). E quando rolou a confusão entre Caim e Abel – aquela pancadaria famosa no Caramujo, em que um matou o outro e o outro matou o um –, os filhos deles, netos do primeiro casal, foram morar numas cavernas em Itaipu. Ficaram milênios lá e, falando nisso, nunca viram nenhum índio naquelas imediações.

O cacique Araribóia, que vinha a ser tetraneto do tetraneto do primeiro neanderthal que foi morar longe das cavernas, era mesmo de São Lourenço. O historiador e highlander Emmanuel de Bragança Macedo Soares, que já sabia das coisas na época, é testemunha ocular disso aí.
Pois é. Depois de berço da humanidade, foi também em Niterói que o Brasil começou. Ali na Ponta da Areia, o Barão de Mauá montou seu estaleiro, nossa primeira indústria. Daí não ser nenhum absurdo dizer que o capitalismo brasileiro começou aqui. Não, não, o terreno não era da Patrimóvel.

Para compensar, foi na Rua da Praia (hoje Visconde do Rio Branco) que Astrogildo Pereira fundou o PCB. Ou seja, o comunismo brasileiro também surgiu aqui. Até uma religião afro-brasileira, a umbanda, tem suas origens entre nós, no ano de 1927, de acordo com o eterno professor Darcy Ribeiro.

"E o teatro?", prossegue nosso amigo. "Só se falava o português castiço, o português de Portugal. O ator João Caetano foi o primeiro a falar brasileiro nos palcos". Sabe onde foi isso? No Teatro Municipal João Caetano, um dos mais belos do país, que ficou mais de um século abandonado e teve sua primeira restauração, a cargo do mago Cláudio Valério Teixeira, no governo de Jorge Roberto Silveira. Perguntem ao jornalista e advogado João Luiz Faria Netto, que também ouviu da mesma fonte.

Futebol? Dois anos antes do Charles Miller chegar em São Paulo, os ingleses da Byron já batiam uma bolinha no Rink. E, alguns anos depois, fizeram o Rio Cricket.

Samba? Tudo bem que "Pelo Telefone" foi lançada antes, pela Casa Edison, na Rua do Ouvidor, mas tem um detalhe: "Não era samba. Era maxixe. O samba de verdade, o sincopadinho, foi criado pelo Ismael Silva, que saiu de Jurujuba para o Estácio. Noel Rosa, Geraldo Pereira e Chico Buarque beberam dessa água", acrescenta o vizinho do Gilson, pedindo para eu não esquecer de dizer que Ciro Monteiro, nascido no Rocha, em São Gonçalo, cansou de batucar sua caixinha de fósforos nos bancos do Campo de São Bento.

"Até a musa de Ipanema, Leila Diniz, nasceu em Niterói", lembra. "Virou até nome de rua, em São Francisco. Carioca não tira onda com a gente, malandro!"

E o primeiro grande botequim do Brasil? Hein? Hein? Engana-se quem acha que foi o Bar Luiz, na Rua da Carioca, do outro lado da Poça, ou o Bar Brahma, em São Paulo, na esquina de São João com Ipiranga. Niterói foi pioneira também nisso. E cada geração tem seu templo de esbórnia. O pessoal com mais de 70 anos jura que o primeiro grande bar do país foi o Miramar, que pegou a rebarba do incêndio da estação das Barcas, em 1959 e virou ruína. Já os sessentões mais refinados preferiam o Petit Paris, onde Sergio Mendes começou a carreira.

Aqueles que têm mais de 45 anos, sobretudo os que estudaram na UFF, não hesitam: nunca houve um boteco como o Café e Bar Natal, que foi fechado e demolido há mais de 20 anos para que fosse erguido o Plaza Shopping. A gente gosta do Plaza, mas gostava muito mais do velho Bar Natal, de um espanhol da Galícia, Don Luiz Pardo, o Seu Luiz. Falo do Bar Natal também porque foi lá que conheci um dos melhores garçons de Niterói, o Cândido, já falecido. Magrinho, mulato, gozador, Candinho atendia, praticamente sozinho (o Kojak e o Israel chegaram depois dele), umas 20 mesas ou 30 mesas ocupadas pelos alunos e professores dos cursos da UFF. O ator Tonico Pereira, o cineasta Nelson Pereira dos Santos, a cantora Ithamara Koorax, o professor Marcos Waldemar Reis e um monte de bebuns que depois viraram arquitetos, engenheiros, doutores em Ciências Exatas, jornalistas, cineastas, poetas, advogados, historiadores, antropólogos e até mesmo alguns ilustres vagabundos.

Peço licença para levantar um brinde àquele curioso templo de libações alcoólicas que fechava as portas às 10h30min para que os verdadeiros boêmios enchessem o pote em recinto fechado, sem malas amadores para perturbar.

***

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Tango

Ritmo preferido do meu pai, que me ensinou a dancar. Nao tinha festa que eu o deixasse sossegado, estavamos sempre dancando, ateh a minha mae chegar e me botar pra correr pq aquele ali era o par dela!!!!

Vou te amar sempre, meu pai.

Moonlight Serenade

Para os meus pais, que ontem fariam 48 anos de casamento. Paizinho, eu sei que o senhor estah olhando por nos. Fique em paz.

***

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Eu sou os meus livros 2

Esse post nao tem fim. Eu e os meus livros somos uma coisa so, eh a minha vida. Numa epoca em que estou tao fragilizada e me vejo em varios fragmentos, alguma coisa precisa dar liga e me dar unidade. Essa desconstrucao de mim mesma eh uma tarefa longa e demorada, a perda do meu pai esfacelou certos fragmentos, viraram po. Eu preciso recriar e ao mesmo tempo estou exausta. Eh preciso um pouco de trabalho para entender o link do titulo, mas meu tempo e minha historia se encontraram na imensa ferida que ficou exposta depois que li a reportagem.

Nao espero que ninguem entenda o que eu quis dizer com isso. Esse dialogo eh meu comigo mesma.

***

domingo, 6 de julho de 2008

Eu sou os meus livros

Estava lendo uma reportagem no Globo sobre o Festival Literario de Parati. Houvesse existido tal festival quando ainda estava nos tempos da faculdade e eu com certeza estaria lah. Cultura, literatura, conhecimento, sempre me fascinaram e desafiaram. Frustacao eterna por nunca ter tido uma solida formacao filosofica, por nunca ter conseguido terminar o curso de latim ou comecar o de grego antigo. Raiva por nao ter crescido na Italia, onde tudo isso eh parte do curriculo de qualquer escolinha de povoado, onde qualquer um tem nocoes de ler uma pauta musical, e conhecem as caracteristicas das principais obras de arte da humanidade.

Quando era adolescente eu tinha a ambicao secreta de ser uma enciclopedia, aquele era meu projeto de vida. Eu queria saber tudo de tudo, naquela inocencia da idade que nos faz sentirmos maiores que Deus. Foi com uma dor imensa que fui aprendendo ao longo dos anos que quanto mais sei, mais sei que nada sei.

A minha criacao foi estimulante e castradora ao mesmo tempo. Tive todos os estimulos quando bem pequena - meu pai era diariamente bombardeado por pedidos de leitura, jah que eu aquele tempo so decifrava as figuras. Tudo o que eu o visse lendo eu queria saber o que era e que lesse em voz alta pra mim: jornal, livro, bula de remedio, lista telefonica nao importava. Minha santa madrinha sempre me dava carregamentos de livros de presente, e o meu pai nunca me negou um pedido de revista em quadrinhos ou uma entrada na livraria. Eu era tao fascinada pelo objeto livro que achava que os meus coleguinhas de escola tinham a mesma relacao com as letras: eu sempre dava livros de presente e esperava que a retribuicao fosse equivalente. A minha mae, professora com formacao em Letras Classicas (portugues, latim e grego antigo), sempre foi um motivo enorme de orgulho para mim e nunca perdi uma oportunidade de aprender o que fosse com ela. A evolucao da lingua, origem e modificacoes sofridas pelas palavras, historias de literatura brasileira e portuguesa, sentar junto para ouvir todas as aulas particulares que dava, ateh estudar gramatica era fascinante. Eu babava cada vez que ouvia explicacoes do porque a lingua se estrutura de certas formas, e como certas estruturas sao adquiridas e intuidas, as pessoas nao se dao conta da beleza de um sujeito - predicado.

Cresci com a minha mae dizendo que enquanto eu vivesse na casa dela e ela me sustentasse quem mandava era ela e cabia a mim obedecer. Como os argumentos me pareciam extremamente logicos, eu nunca os contestei. E entre muitas outras obediencias, obedeci tambem a faixa etaria restrita para os autores, ditada por ela. Um dia quis ler Machado de Assis - tinha 13 anos. Ela disse que eu nao absorveria toda a grandeza de Machado com aquela idade, que esperasse ateh fazer 15 anos. Jorge Amado na opiniao dela era um imoral, portanto banido ateh os meus 18 anos. Bem a escola, que de avancadinha nao tinha absolutamente nada, me fez ler Machado em sala de aula aos 14 anos e Jorge Amado aos 15... Minha mae nao gostou nada, mas nem uma palavra foi dita, e eu li tudo o que consegui desses dois.


***

sábado, 5 de julho de 2008

terça-feira, 1 de julho de 2008

Eu adoro ganhar presentes!


O meu amigo Helio Jenne me indicou. E eu fiquei toda feliz! Vou salvar na barra lateral. Valeu, Helio!
Aqui vao as minhas indicacoes, como prometido:
  1. Na Cozinha com Aninha
  2. Os gatos da Nina
  3. Pelo bom e velho Rio, por Carol
  4. Buteco do Edu
  5. Site da Carol, noiva e "casamenteira" de primeira
  6. Blog da Joyce
***

Eh na Bandeira do Brasil (clica aqui)

Entra lah e marca 5 na verde e amarela. As outras? Deixa em branco mesmo. Pena que nao tem ponto negativo para tacar na Argentina!!!

Salve, lindo pendão da esperança,
Salve, símbolo augusto da paz!
Tua nobre presença à lembrança
A grandeza da Pátria nos traz.
***

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Tudo o que eh solido se desmancha no ar

Hoje estah fazendo sol em Londres, faz ateh uma temperatura agradavel que dah para sair sem casaco pesado. Mas nada disso me interessa.

Hoje seria muito mais importante para mim estar junto da minha mae, sinto falta dela. Ha muitos anos ela nao vai a praia, seria tao bom se pudesse leva-la comigo. Talvez por sermos de geracoes muuuuuuiiiitoo distantes nos nunca fizemos muitas coisas juntas e hoje eu sinto falta disso.

Quando eu ligo pra casa minha mae fala da falta que sente do meu pai, ela diz que essa falta eh concreta, eh como uma presenca de um vazio na casa. Eu sei bem do que ela estah falando. Sempre quis morar sozinha e desde quando consegui que adoro cada minuto. Mas agora nao. Tem essa falta concreta do meu pai. Nao eh mais a mesma coisa. Vou ligar pra casa e nao vou ouvir a voz dele. Vou ao Brazil e nao o verei novamente. Eh uma falta que doi, que deixa um buraco e nao existe remendo pra ele. Minha vida nunca mais serah a mesma.

Queria ir para casa agora. Abracar minha mae e ficar com ela, dizer que o amor dela eh tudo o que me importa nessa vida, que eu a amo muito. Levei muitos anos para aprender a dizer "Eu te amo" para os meus pais, mas tambem nao economizei uma soh vez depois que aprendi. Fiz questao que o meu paizinho entendesse isso enquanto morria nas minhas maos. Ele deu um sorriso pra mim.

Eu queria dar um sorriso para a minha mae: abracar, apertar, cheirar, beijar, deitar no colo e nao deixa-la sair mais de perto. Hoje eu preciso muito dela. Mas a vida muda, os rumos sao outros e muita coisa que a gente nao esperava acontece. Coisas ruins vem para destruir o que era bom, para dar lugar a construcao de algo melhor ainda. Tenho minha mae, tenho meu Deus, tenho a protecao de Nossa Senhora das Gracas e sob as suas bencaos a minha vida mudara toda novamente. Para melhor, cheia de amor, e com a aprovacao do meu paizinho, que sei estah olhando por nos agora e eh em parte responsavel por toda mudanca...
***

domingo, 22 de junho de 2008

Vivendo em Londres

A inveja eh uma MERDA, a mediocridade ABUNDA e o saco ESTOURA!

Deixem-me em paz, tenho o meu DEUS que me protege.

Valei-me minha Nossa Senhora das Gracas! So com a sua ajuda para ficar mais leve...


***

quinta-feira, 19 de junho de 2008

A Verdade das verdades verdadeiras

Certas horas eu soh preciso de uma boa filosofia de botequim. Eu ia amar saber onde fica esse buteco!!!!

"O Bar So Pra Nos adverte:
O orificio anular corrugado localizado na parte infero lombar da regiao glutea de um individuo em alto grau etilico, deixa de estar em consonancia com os ditames referentes aos inalienaveis direitos individuais de propriedade.
Ass. Dept. Juridico"
Publicado originalmente no http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/frontdorio/ dia 18 junho.
***

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Introducao a Igreja Catolica

Essa eh a minha fe e a minha forca. Eu sou feliz por ser CATOLICA.

Video que em uma semana trouxe 3 mil pessoas de volta a Igreja nos EUA.

***

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Ame ou odeie

Tem dias que Londres estah tao cinza que eu tenho vontade soh de fazer as malas e ir embora! Tem hora que ser estrangeiro eh PHODA!
***

sábado, 7 de junho de 2008

Reminiscencias da livraria

Quase todo dia era confundida com uma freira e os clientes sempre me pediam a bencao. Em Londres, um frio do cao, tinha que ficar no caixa ao lado da porta, e isso soh acontecia com muita roupa por cima. Logo, quem me olhasse facilmente me confundia com uma delas. Era um tal de maluco vir me pedir conselho, contar a vida, acontecia cada coisa engracada...
*****

Um dia teve uma senhora que veio me pedir a "Bíblia Original". Eu pensei: "Fu***. O que ela tah querendo?" Perguntei se era a primeira traducao feita para o ingles que ela queria - a chamada St James Bible. Ela virou uma fera! Disse que nao queria traducao nenhuma, queria a original...  Senhor, dai-me paciencia! Entao eu perguntei se ela queria a biblia em grego antigo, vai ver a velhinha era intelectual, sei lah! Piorou tudo. A resposta: "Nao, eu quero a original que Jesus Cristo escreveu." Vi que nao adiantava entrar em detalhes de que Jesus nunca escreveu Bíblia nenhuma, a conversa só ia piorar.  Era melhor me conformar que aquilo nao era pra mim. Chamei a freira que era mais paciente para vir tentar entender o que a maluca queria, eu desisti mesmo.  Ela queria a St. James Bible, que é proibida a venda em livrarias católicas.

*****

Uma outra criatura aparecceu por lá tempos depois. Eu era sempre solícita, principalmente com velhinhos, e essa senhora era cliente habitual.  Ela queria uma Biblia. Tem uma parede inteira com diferentes traducoes da Biblia, cada uma serve melhor a um publico diferente, usa um vocabulário diferente, umas sao catolicas e outras sao protestantes. Fui explicar a diferenca entre as traducoes, e a velha virou bicho. Disse que nao queria traducao nenhuma, queria a Biblia certa.  Suspende tudo e chama a freira correndo!  Acho que a minha paciencia ficou dentro daquela loja quando eu fui embora de lá.

*****

De vez em quando entravam uns bandos de Testemunha de Jeová. As freiras se alvorocavam todas e vinham correndo para a frente da loja tentar se livrar deles porque ficavam perturbando os clientes. Aquela livraria é especial porque fica perto da Escola de Teologia e Filosofia da Universidade de Londres, e a casa dos bispos tambem é no mesmo quarteirao, resultando que a maioria dos clientes é intelectual. E chegavam essas criaturas do nada provocando o maior rebulico lá dentro. Eu ria muito! Como eu sinto falta daquele ambiente, eu dava muitas gargalhadas naquela livraria.  Saudades de todas as Irmas, da June, da Caroline, Chantal e da Cora.

***

sexta-feira, 6 de junho de 2008

Aprendendo australiano

Uns meses antes de vir morar na Inglaterra fui chamada para um entrevista de emprego . Nao sei o cargo, nao sei a empresa. Soh que eu seria entrevistada nas linguas que apareciam no meu CV. Liguei pro meu professor de ingles, que era Australiano, e disse pra ele que precisava de uma imersao porque estava nervosa com a situacao da entrevista. Naquela epoca meu ingles estava meio travado...

Por algum motivo o Steve adorava conversar comigo, e as nossas aulas eram sempre no buteco, regadas a cerveja, logico. O melhor jeito de aprender, recomendo.

Naquele dia eu estava super nervosa porque jah faziam muitos meses que eu nao conversava em ingles e eu queria muito passar naquela entrevista. Fomos para o buteco e o ingles travado, falamos um monte de abobrinha e a conversa nao fluia de jeito nenhum. O Steve foi pedindo mais cerveja e nada do ingles desenrolar. Deu 2 horas que a gente estava ali e eu falei a ele que poderia ir embora porque nao tinha dinheiro para pagar mais do que 2 aulas. Rapaz! O australiano virou macho! Disse que tava no buteco sabado a tarde bebendo com uma amiga, que aquilo nao era aula e que estava ofendido por eu dizer que tinha que pagar para conversar.

Comecou a pedir mais cerveja e eu fui ficando mais solta e meu ingles idem, ateh que ele comecou a falar mal de favela, do governo e do povo brasileiro. Gringo folgado! Eu posso falar mal da minha terra, ele morando na propria, nao! Ou voce deixaria alguem falar mal da sua mae na sua frente? Soh quem eh filho da minha mae pode falar mal dela na minha frente. Gringo nao! Fiquei uma arara! Eu me alterei e comecei a falar bem alto sobre o processo de urbanizacao no Brasil, dei uma aula de Historia do Rio de Janeiro pra ele, fiquei de pe, fiz discurso, abri os bracos, gesticulei e ele parado, ouvindo. Enfezada eu perguntei:

- Vai ficar parado aih me olhando, nao vai falar nada nao?

Ele comecou a rir. Disse que era isso mesmo que ele estava provocando, era isso mesmo que ele queria que acontecesse.

Quando eu olhei em volta, tava todo mundo no bar em silencio, espantado, olhando aquela discussao… Em ingles!

***

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Onde ha fumaca pode estar a um passo de...

O meu predio eh como uma fortaleza. Neguinho pode reclamar do que for aqui, menos que nao ha seguranca: portaria com camera, chave de seguranca para abrir 2 portas diferentes, entrada separada para cada 5 apartamentos. Pois eu vinha chegando do trabalho e no corredor comecei a sentir cheiro de gas. Pensando comigo: algum vizinho largou o gas aberto, vou ligar para a emergencia - vai ser um bafafa no predio...

Abri a segunda porta, a tal que isola meu ap com outros 4, e o cheiro ficou mais forte. "Tenho que ligar para a emergencia imediatamente, tah bem perto do meu apartamento." Ledo engano, o cheiro vinha DO MEU APARTAMENTO!!!!

Desespero total! Entrei e larguei a porta da rua aberta pra tras, sai correndo e abri todas a janelas do apartamento e tambem a porta da varanda. Fui verificar o fogao e o forno. Nao precisei queimar muita mufa para entender o que estava errado: o menininho, meu flatmate, largou o gas aberto... Simplesmente. E a casa toda fechada. O cheiro estava no meu quarto, no andar de baixo. E o medo de acender luz, falar no celular? Qualquer coisa poderia atear fogo, emitir uma faisca e eu tava lascada. Fui no banheiro no escuro mesmo.

O menininho eh alemao - por consequencia, super responsavel. Tem 20 anos e uma namorada firme de 19 anos que mora nos EUA. Nao eh bonitinho? E ele ainda cozinha todos os dias. Eh o flatmate dos meus sonhos, sai para trabalhar 3:30hs da tarde e volta as 4hs da manha... Normalmente nao reclamo de nada, principalmente quando eh uma coisa que soh acontece uma vez, mas deixar o bico do gas aberto eh serio demais.

Fiquei acordada esperando o menininho chegar aquela noite. Ele chegou, "Ralf, I need to talk to you before you go to bed." "Yes, sure. Any problem with the flat?" "Well, it is actually that you forgot to close the gas after you finish cooking today. There was gas everywhere in the flat when I arrived this evening." "Ah, ok." E foi pro quarto dormir!!!

Tudo bem, jah estava morrendo de sono tambem. Tenho certeza que ele nao vai fazer de novo, mas eu fiquei impressionada com jeito blasse dele. Se fosse com um brasileiro ou um italiano uma novela mexicana estaria prestes a comecar...

sábado, 31 de maio de 2008

Quando eu cheguei era assim

hahahahahaha Achei um email que mandei na minha segunda semana em Londres, em junho de 2000. Olha como a vida muda, e o incentivo dos amigos:

E-mail enviado para os amigos no Brasilem 19/06/00: (8 anos atras!!!!)

Olha, as coisas estao comecando a melhorar para mim aqui. Na semana passada eu soh chorava... Nunca fiz uma faxina na minha vida, nunca fui garconete, fico cheia de dor na coluna, nos bracos, etc. Mas nada que um Dorflex nao resolva. Ontem conheci uma senhora na missa (de brasileiros, bem entendido) que era funcionaria publica no Parana, pediu demissao e com a indenizacao ela abriu um negocio que faliu em Londrina. Resultado? Com 50 anos vendeu tudo o que tinha no Brasil e veio tentar a vida em Londres sem falar patavina de ingles, nem bom dia ou muito obrigada... E tah aqui ralando num pub... Ou seja, tem maluco bem mais maluco que eu...

Aqui funciona basicamente entrando num restaurante qualquer e perguntando se tem vaga. Geralmente todos tem. Na quarta feira eu vou comecar na cantina de um museu. E existem varios outros macetes. Ou seja, sem emprego aqui soh quem eh preguicoso... Para voce ter uma ideia, uma faxineira aqui ganha 8 libras por hora, o que eh bastante, e nao trabalha em nenhum lugar lugar por mais de 3 horas por dia... Mas essa, I`m so sorry, nao encaro nao... Soh nao garanto que vou ficar o ano inteiro aqui pq ta dando uma saudade danada dos meus pais, da minha casa, dos meus amigos queridos, e claro, meus gatos... Mas acho que o nome disso eh preguica mesmo, nao gosto de fazer essas coisas, e estou procurando um emprego em loja. Torcam por mim...

Estou morando numa casa que custa 30 libras por semana, o que aqui eh bem pouco. Eh claro que nao eh lah essas coisas, mas soh vou lah para dormir. Mas se quisesse, tem cozinha, maquina de lavar, etc. Soh precisa de uma boa faxina pq europeu eh um bocado porco. O banho eh de cocoras na banheira mesmo, com um raio de um chuveirinho muito safado... Isso realmente irrita um pouco, mas eh menos do que os bichinhos que tem no meu quarto, mas isso eh outra historia, que eu conto depois.

Olha, realmente eh complicado... A saudade eh uma dor horrivel... Nao sei como consegui aguentar a primeira semana... Acho que soh fiquei por orgulho mesmo, e pensando em como pagar as dividas que fiz para vir para ca... Mas acho que tudo vai se resolver. Estou levando a maior feh... Fiz amizade com um Canadense super legal (claro que eh viado, neh. Homem? To querendo demais...) e ele falou que vai me ajudar a escrever meu CV para eu enviar para algumas empresas aqui... Eu jah consegui fazer entrevista numa loja muito chique que tem aqui, e o sujeito ficou encantado comigo. Isso me renovou o animo... Resolvi que vou fazer as coisas como nos alcoolatras anonimos: tudo por etapas, um passo de cada vez. A primeira etapa serao tres meses. Soh depois disso eh que resolverei o que fazer pelos proximos tres...

Escrevam pra mim... Todo dia venho ao cyber cafe ver se tem mensagem. Olha, estou gastando £1 por dia para isso entenderam? Isso eh dinheiro precioso, no final do mes serao £30, ou seja, mais uma semana de aluguel... :-)))) Voces nao vao fazer um afago numa amiga carente? ;-)

Milhares de beijos para todos.
Saudades da amiga,
Vicky.

Enviado por Denise em 21/06/00:

Estou muito feliz com suas novidades. Finalmente você está bem perto de seus ideais. Saiba que daqui estarei torcendo para que consiga colecionar sucessos, seja em Londres, Paris ou em qualquer outro local do mundo. Até mesmo no Brasil, caso você volte, é claro! Mas é preciso ter perseverança. Acredite e lute pelo que você quer, que seus objetivos serão alcançados. Toda a sorte do mundo. Estou rezando muito por você. Muita saudade. Muito sucesso. Muitos Beijinhos. Denise

Enviado por Marcia em 22/06/00:

Minha Querida Amiga

Sabe, a gente sonha com a liberdade e um monte de coisas que não temos mas é como um passarinho que sai da gaiola! Da medo! Da saudade da rotina, dos mesmos problemas, da comidinha certa! Quando eu saí do Rio e fui para Viçosa foi ótimo, mas no princípio eu queria voltar sempre! Sentia falta de tudo! Até do que eu não gostava! Mas passa linda! Não se apavore! Não se precipite! Afinal, o passarinho é mais feliz na segurança da gaiola ou livre, tendo que lutar com os perigos da vida mas livre para encontrar outros pássaros, tomar o sol da manhã mesmo se seu dono esquecer de trocar a gaiola de lugar! Comer insetos que são o máximo e passar fome um dia ou ter sempre a mesma comida?!

Aguenta firme aí amiga, confia em mim! Vai melhorar! É uma questão de tempo! Breve v. terá vinculos por aí também e sua vida volta a ter um sentido, uma rotina! Os objetivos vão aparecer! A luta vai ter um porque! Seus pais estão bem! A Simone falou com eles e estão bem! Eles se escolheram para viverem juntos e estão juntos! Quem esta sozinha é v.! Vai procurar seu lugar no mundo! Tente relaxar e viver um dia após o outro planejando apenas até o dia seguinte! Com o tempo v. não vai nem se dar conta ja esta super entrosada e gostando da sua nova vida, seus novos problemas, suas novas alegrias e tristezas!

Muita força amiga! Eu sei que v. consegue! Vai dar tudo certo! Mas não fique por questão de honra, fique por opção! Diga eu vou vencer! Eu vou ser feliz! Programe seu sub consciente para isto! Não esqueça que sua amiga estará sempre aqui para te dar força! Confie em mim! Vai melhorar! Viva cada dia!

Grande beijo
Da amiga
Marcia

sexta-feira, 30 de maio de 2008

English faux pas


It was the first time I met my boyfriend's brother, his best friend and a funny cousin - all at the same time - for a Sunday lunch at the family's restaurant. The "incident" happened due to total distraction (... yes, I am trying to excuse myself).


Anthony, the cousin, was telling us a story about a pub in Liverpool called "Dirty Dick" and he asked me if I ever heard of that pub before. To what I unfortunately replied: "Oh, it is full of Dirty Dicks in England... "



Needless to say that I couldn't even finish my sentence.




sábado, 24 de maio de 2008

terça-feira, 6 de maio de 2008

sábado, 3 de maio de 2008

Iludida no exterior

Gente! Fico passada lendo certas coisas. Serah que esse povo nao vai aprender nunca que quando a gente muda para o exterior a vida vai mudar completamente, nada eh igual ao Brasil? Lugar nenhum do mundo eh melhor do que o Brasil, no maximo, eh diferente. Se ao contrario voce vai com o espirito de viver uma grande mudanca e estar aberta para coisas e pessoas novas, entao voce tem mais chances de ficar bem. Senao, esqueca!

Nao pense que casando com gringo, o marido sozinho vai suprir todas as suas necessidades emocionais, ateh porque nao eh justo colocar toda essa pressao nele. Voce tem que ir disposta a encontrar novas pessoas e ter uma vida independente tambem. Eh dificil sim, principalmente no inicio, mas em todo lugar tem alguma coisa para fazer. Eu jah passei por isso 2 vezes, tenho minhas "taticas de sobrevivencia".

Voce a principio precisa de 1 amigo fora de casa. Daih essa pessoa vai te apresentar a outras. Seu marido jah tem a vida dele por lah, tenta fazer amizade com esposa/ namorada de amigos dele. Nao procura brasileiro nao, procura lugares onde podem ter pessoas locais que estariam abertas pra voce, vai fazer trabalho voluntario na Igreja, vai ajudar a distribuir sopao. Alem de estar fazendo caridade, vai se relacionar com outras pessoas num bom ambiente. Quer estudar? Vai a luta, se matricula em qualquer coisa que goste, mesmo que seja aula de salsa. Nao importa que voce saiba dancar, o importante eh socializar. Ficar em casa chorando, com saudade do Brasil, no telefone com a mae, nao vai te levar a lugar nenhum e nem fazer bem a voce ou ao seu casamento.

Pensa que voce casou, estah vivendo com a pessoa que ama em outro pais. Voce nao eh prisioneira dentro da sua propria casa. Os gringos nao vao bater na sua porta oferecendo amizade, isso eh coisa de soh de brasileiro. Eh voce que tem que ir atras deles. Mesmo.

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Pra onde eu vou?

Sempre amei Londres. Amor declarado e escancarado por tudo aqui nessa terra estranha. Amo a arquitetura, a historia, as ruas, as construcoes, o que restou da British Culture. Mas agora que a Inglaterra cada vez perde mais a sua identidade, mais certa eu estou da minha propria. A gente cresce, amadurece, envelhece e as prioridades mudam junto.

Ainda amo Londres. Mas eh hora de arrumar tudo e ficar preparada para mudancas. Talvez para uma direcao onde nunca olhei antes. E sei que tambem serei muito feliz por lah.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Corporate World

I am highly bored with my job right now, although I am still happy with my salary and language lessons all paid for. By chance I've found the post bellow in http://moronland.net/ - what could be better? My only regret is that experience showed me that, at least in England, the Corporate Lesson 5 is actually not true...


There you go, from Moronland -

Corporate Lesson 1 :
Naked Wife A man is getting into the shower just as his wife is finishing up her shower when the doorbell rings. The wife quickly wraps herself in a towel and runs downstairs. When she opens the door, there stands Bob, the next door neighbor. Before she says a word, Bob says, “I’ll give you $800 to drop that towel.” After thinking for a moment, the woman drops her towel and stands naked in front of Bob. After a few seconds, Bob hands her $800 dollars and leaves. The woman wraps back up in the towel and goes back upstairs. When she gets to the bathroom, her husband asks,… “Who was that?” “It was Bob the next door neighbor,” she replies. “Great!” the husband says, “Did he say anything about the $800 he owes me?”
Moral of the story:If you share critical information pertaining to credit and risk with your shareholders in time, you may be in a position to prevent avoidable exposure.

Corporate Lesson 2
A sales rep, an administration clerk, and the manager are walking to lunch when they find an antique oil lamp. They rub it and a Genie comes out. The Genie says, “I’ll give each of you just one wish” “Me first! Me first!” says the admin. clerk. “I want to be in the Bahamas, driving a speedboat, without a care in the world.” Poof! She’s gone. “Me next! Me next!” says the sales rep. “I want to be in Hawaii,relaxing on the beach with my personal masseuse, an endless supply of Pina Coladas and the love of my life.” Poof! He’s gone. “OK, you’re up,” the Genie says to the manager. The manager says, “I want those two back in the office after lunch.”
Moral of the story: Always let your boss have the first say.

Corporate Lesson 3
A priest offered a lift to a Nun. She got in and crossed her legs, forcing her gown to reveal a leg. The priest nearly had an accident. After controlling the car, he stealthily slid his hand up her leg. The nun said,”Father, remember Psalm 129?” The priest removed his hand. But,changing gears, he let his hand slide up her leg again. The nun once again said, “Father, remember Psalm 129?” The priest apologized “Sorry sister but the flesh is weak.” Arriving at the convent, the nun went on her way. On his arrival at the church, the priest rushed to look up Psalm 129. It said, “Go forth and seek, further up, you will find glory.”
Moral of the story: If you are not well informed in your job, you might miss a great opportunity.

Corporate Lesson 4
A crow was sitting on a tree, doing nothing all day. A rabbit asked him,”Can I also sit like you and do nothing all day long?” The crow answered: “Sure, why not.” So, the rabbit sat on the ground below the crow, and rested. A fox jumped on the rabbit and ate it.
Moral of the story: To be sitting and doing nothing, you must be sitting very high up.

Corporate Lesson 5
A turkey was chatting with a bull “I would love to be able to get to the top of that tree,” sighed the turkey, but I haven’t got the energy.” “Well, why don’t you nibble on my droppings?” replied the bull. “They’re packed with nutrients.” The turkey pecked at a lump of dung and found that it gave him enough strength to reach the lowest branch of the tree. The next day, after eating some more dung, he reached the second branch. Finally after a fourth night, there he was proudly perched at the top of the tree. Soon he was spotted by a farmer, who shot the turkey out of the tree.
Moral of the story: Bullshit might get you to the top, but it wont keep you there.

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Complicacao

Estou tao feliz, eh dificil falar. Quando era adolescente eu saia gritando para todo mundo ouvir, e a porrada em cima era grande - levei muitos anos para entender isso. Aih a gente passa dos 30, e se conforma que as pessoas em volta nao sao tao inofensivas assim, o olho gordo vem daquele que tem cara de mais bonzinho e daquele FDP que eh inimigo declarado mesmo. Entao nao preciso explicar nada, nem quero. Mas ainda assim tenho vontade de explodir se nao falo que estou feliz!

quinta-feira, 17 de abril de 2008

New Mexico

Oi tum tum bate coracao
Oi tum coracao pode bater
Oi tum tum tum bate coracao que eu morro de amor com muito prazer


Pois eh, o Tio Sam quer mesmo conhecer a nossa batucada e jah anda dizendo que o seu prato nao eh mais o mesmo, o molho da fluminense melhorou tudo...


:-D






terça-feira, 1 de abril de 2008

Bagagem

Viajar eh bom, sair de ferias melhor ainda. Tenho andado triste pelo meu pai sim, afinal sao soh 3 meses, mas preciso de folego novo para encarar o trabalho e o dia-a-dia. Nada melhor do que novos ares e nada de ficar em casa.

No ultimo mes eu fiquei dentro de casa e nao queria ver ninguem, desligava celular e MSN e tava bem soh com a tv e os DVDs, mas eu sabia que jah era hora de comecar a me mexer pois meu patrao, por mais bonzinho que seja, eh um business que quer resultados no final de cada quarter e eu preciso fazer a minha parte.

Resolvi viajar para os EUA, mas completamente congelada por dentro soh de pensar na burocracia do visto. Ateh que foi tranquilo, eles adoram ver um contracheque bonito, a unica pergunta que me fizeram foi o que eu queria fazer em NY: visitar o MOMA e assistir uma opera no MET. Carimbo concedido por 10 anos. Ainda bem que sou italiana...

Agora eh arrumar a mala. Tenho trauma de mala - deve ser a lembranca da minha cunhada. Odeio. Detesto carregar bagagem e soh viajo de mochilao. Quando arrumo minhas coisas eu primeiro coloco tudo em cima da cama, depois vou pensando no que vou fazer cada dia e vou tirando os excessos. Tudo que eu preciso tem que caber na mochila, afinal vim morar em Londres com a vida dentro dela, logo por que deveria ter mais que isso para 5 dias fora de casa?

Agora eh soh pagar uma fortuna no taxi para ir ao aeroporto de madrugada e contagem regressiva para ver coisas diferentes e tirar minha cabeca do cotidiano por uns dias. Mereco uma promocao quando chegar...

domingo, 30 de março de 2008

Meu pai

Sinto uma falta enorme do meu velho, que ficava furioso sempre que me ouvia chama-lo assim. Ainda nao digeri muito bem te-lo perdido, mas sei que vamos nos reencontrar - acredito mesmo nisso. Ir para casa passar o Natal e ver meu pai na cama, sem se mover sem ajuda e jah sem forcas ateh para comer. Ele sentia tanta dor que eu rezava todo o tempo pra Deus passar aquela dor para mim e deixa-lo em paz, foi horrivel ter visto tanto sofrimento. Gracas a Deus estavamos todos juntos, eu, minha mae e meu irmao, quando a medica disse que ele nao estava mais conosco. Ficou um vazio tao grande, mas quando eu lembro do sofrimento e da dor dele eu fico um pouco aliviada pois tenho certeza que ele estah muito bem agora.

Seu Reinaldo foi o melhor pai do mundo. Sempre se preocupou comigo, sempre fez tudo o que pode pra mim. Tem gente que nao acredita quando eu conto que nos tempos de faculdade ele ficava acordado ateh eu voltar da aula (eram noturnas) e preparava janta pra mim. Um dia eu entrei em casa perguntando se tinha presunto pq queria comer um misto-quente, e o danado do velho se mandou pra rua 11:30 da noite pra comprar presunto no 24hs da esquina... Sem contar as vezes que eu pedia cha, pao quente, pipoca... Nas maos do Seu Reinaldo eu sempre fui uma crianca de 2 anos, mesmo jah tendo passado e muito dos 30.

Foi ele quem me ensinou a nadar, na praia de Icarai. Quem me ensinou muito de Geografia quando eu sentava no colo dele com o Atlas aberto e ele me mostrava os paises e as capitais. Eu reconhecia o barulho do carro e sempre corria para abrir o portao quando ele chegava do trabalho, soh para grudar nele e ir junto ao supermercado fazer compras. No jornaleiro ele me deixava comprar todas a revisitinhas e figurinhas que eu quisesse. Ficava toda orgulhosa pq saiamos de maos dadas na rua - habito soh interrompido durante a abominavel "aborrecencia" - e ele cumprimentava 7 em 10 pessoas que passassem por nos... O velho poderia se candidatar a vereador, conhecia todo mundo!

Um dia eu resolvi que queria aprender a dirigir. Ele me levou na Auto-escola de um amigo. Fui tao bem na aula que o instrutor me deixou levar o carro - pela estrada - ateh o trabalho do meu pai. Cheguei na fabrica buzinando no portao da frente, ele levou o maior susto quando me viu...

Sempre teve muito ciume dos meus namorados, levar alguem em casa era um drama!!!! Passei por poucas e boas com ele por causa disso... Hoje eu rio. Tadinho, ele ficou muito mal quando eu mudei pra Londres, nunca consegui faze-lo aceitar que eu vivo bem aqui, sempre perguntava o que ele fez de errado pra eu querer ficar longe de casa.

Pai, o senhor nunca fez nada de errado. Muito pelo contrario. Eu sei que o senhor sentia muita falta de mim mas tambem tinha muito orgulho por eu ter feito o que sempre quis, sem depender de ninguem. O senhor sabe a educacao que me deu e a pessoa que hoje eu sou por isso. E eu tenho muito orgulho do senhor, pai. Eu te amo muito, e o senhor faz uma falta enorme na minha vida.

A gente vai ficar junto de novo um dia. Enquanto isso, nos proteja aqui, olha por mae. Sei que o senhor estah feliz com seus pais e seus irmaos. Por aqui vamos continuar levando a vida como podemos...

Seu Reinaldo, vou te amar SEMPRE!!!!!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin