Picture SNOWSHOEING IN SANTA FE (NEW MEXICO, USA, March 2010)

Vicky Mundo Afora ou Mundoafora? Nao importa. É vida de imigrante. O mundo eh tao grande. Por que deveria passar minha vida inteira no Rio de Janeiro? Preciso viver e falar outras linguas, viver com e como outras pessoas. Um dia eu volto. Para onde? Ora, para casa. Onde eh casa mesmo?



Picture credits on this blog go to my lovely husband, who has never enough of beautiful and interesting views all over the world. If a picture is not his, it will be linked to its original source.

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Bandeira

Eu to muito feliz, mas estou homesick tambem. 8 anos bem vividos fora de casa, e a casa que eu tive nao existe mais e nunca mais vou poder voltar a ela. Agora a casa eh nova e muito longe... Sei que serei feliz no novo lugar tambem, mas a saudade do que passou nunca vai se apagar.

Eu posto aqui somente o hino, o post, voce leem lah com o Helio Jenne porque eu estou muito chorosa hoje.


4 comentários:

Helio Jenné disse...

Oi Vicky, essa interpretação do Ivan Lins é de fato muito bonita. Agradeço de coração o link para o Meu Blues Pra Você e desejo dias de muita alegria, esperança, saúde e paz! Beijos!

rapidamente disse...

quem inventou a distância, não sabia da saudade.

Anônimo disse...

Oi Vicky!
Tenho anotado na agenda o poema abaixo, acho q tem td haver com a etapa "mudanças" na vida.

***NOSSA CASA***
Nossa casa, meu lar abençoado por DEUS.
Orgulho de todos da família, a casa santa.
Seja na chuva no brilho do sol, a casa da luz.
Sou feliz na minha casa, ela me traz felicidade.
A minha casa, o meu teto é o meu referencial.
Casa; dito popular “Quem casa quer casa”.
A casa dos meus pais, o melhor lugar do mundo.
Santa casa onde deito e durmo e tenho carinho
"A casa", minha casa e minha vida, o meu cantinho.

(Auntor:José Aprígio da Silva)

Felicidades :-)
Ana
Madrid

Vicky disse...

Helio, Rapidamente e Ana,

Muito obrigada pelo carinho.

Qualquer hino do Brasil me faz chorar e sempre foi assim. E agora que estou fora, ficam ainda mais emocionantes. E sem o meu pai comigo, eu choro mesmo, por tudo. Essa eh uma dor que eu nao sei se um dia passa, e ele eh a casa pra onde eu nao posso mais voltar...

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin