Picture SNOWSHOEING IN SANTA FE (NEW MEXICO, USA, March 2010)

Vicky Mundo Afora ou Mundoafora? Nao importa. É vida de imigrante. O mundo eh tao grande. Por que deveria passar minha vida inteira no Rio de Janeiro? Preciso viver e falar outras linguas, viver com e como outras pessoas. Um dia eu volto. Para onde? Ora, para casa. Onde eh casa mesmo?



Picture credits on this blog go to my lovely husband, who has never enough of beautiful and interesting views all over the world. If a picture is not his, it will be linked to its original source.

Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 3 de maio de 2008

Iludida no exterior

Gente! Fico passada lendo certas coisas. Serah que esse povo nao vai aprender nunca que quando a gente muda para o exterior a vida vai mudar completamente, nada eh igual ao Brasil? Lugar nenhum do mundo eh melhor do que o Brasil, no maximo, eh diferente. Se ao contrario voce vai com o espirito de viver uma grande mudanca e estar aberta para coisas e pessoas novas, entao voce tem mais chances de ficar bem. Senao, esqueca!

Nao pense que casando com gringo, o marido sozinho vai suprir todas as suas necessidades emocionais, ateh porque nao eh justo colocar toda essa pressao nele. Voce tem que ir disposta a encontrar novas pessoas e ter uma vida independente tambem. Eh dificil sim, principalmente no inicio, mas em todo lugar tem alguma coisa para fazer. Eu jah passei por isso 2 vezes, tenho minhas "taticas de sobrevivencia".

Voce a principio precisa de 1 amigo fora de casa. Daih essa pessoa vai te apresentar a outras. Seu marido jah tem a vida dele por lah, tenta fazer amizade com esposa/ namorada de amigos dele. Nao procura brasileiro nao, procura lugares onde podem ter pessoas locais que estariam abertas pra voce, vai fazer trabalho voluntario na Igreja, vai ajudar a distribuir sopao. Alem de estar fazendo caridade, vai se relacionar com outras pessoas num bom ambiente. Quer estudar? Vai a luta, se matricula em qualquer coisa que goste, mesmo que seja aula de salsa. Nao importa que voce saiba dancar, o importante eh socializar. Ficar em casa chorando, com saudade do Brasil, no telefone com a mae, nao vai te levar a lugar nenhum e nem fazer bem a voce ou ao seu casamento.

Pensa que voce casou, estah vivendo com a pessoa que ama em outro pais. Voce nao eh prisioneira dentro da sua propria casa. Os gringos nao vao bater na sua porta oferecendo amizade, isso eh coisa de soh de brasileiro. Eh voce que tem que ir atras deles. Mesmo.

2 comentários:

Adriana disse...

Olá Vicky,
tudo bom?

Primeiramente quero me apresentar! Meu nome é Adriana, sou brasileira, paulistana, tenho 34 anos, advogada e.... louca pra mudar pra Londres!rs
Estava passeando na internet e por acaso, achei seu blog! É a primeira vez que escrevo em um blog e nem sei se estou fazendo isso no lugar certo!
Adorei as suas histórias e me identifiquei mto com o que pretendo na minha vida! A grande diferença é que você está alguns anos na minha frente!
Não sei como nem porque, mas decidid escrever e pedir sua ajuda! Será que você pode fazer isso?
Estou tirando minha cidadania portuguesa, fazendo aula particular de inglês e me preparando para o ano que vem, se tudo der certo, partir para Londres!
Pretendo fazer um curso de inglês e trabalhar, é lógico! Não me incomodo de ir para trás das bandejas... pelo menos num primeiro momento.... apesar de, da mesma forma que vc, estar acostumada ao tal cabeleireiro todo o final de semana...rs
Não aguento mais minha profissão e não pretendo seguir nada relacionado a isso.... até queria estudar algo, mas não sei o que! isso... acho que vou descobrir depois!
Num primeiro momento.... gostaria de saber quais dicas vc tem pra me dar. Onde morar, como morar, com quem morar! e trabalho? e visto? sei lá...... tudo que você disser, será bem vindo!
O meu email é adrianabarelli@gmail.com.br
Obrigada e um beijo
Adriana

Anônimo disse...

Que legal.tá atualizando o teu Blog!
Concordo com a tua opiniao, de A a Z.
Fica bem,
Ana

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin