Picture SNOWSHOEING IN SANTA FE (NEW MEXICO, USA, March 2010)

Vicky Mundo Afora ou Mundoafora? Nao importa. É vida de imigrante. O mundo eh tao grande. Por que deveria passar minha vida inteira no Rio de Janeiro? Preciso viver e falar outras linguas, viver com e como outras pessoas. Um dia eu volto. Para onde? Ora, para casa. Onde eh casa mesmo?



Picture credits on this blog go to my lovely husband, who has never enough of beautiful and interesting views all over the world. If a picture is not his, it will be linked to its original source.

Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Lapso de Conto de Fadas

O dia comecou na noite anterior quando a mamma aqui ficou acordada preparando sanduíches para o nosso piquenique na floresta.  O maridao reforcou: "Vamos sair de casa antes das 8".  Tudo bem. Domingo, 1:30 da tarde entramos no carro.  Eu, na maior felicidade maria-gasolina, 2horas e meia de estrada para chegar na floresta.  Adoro andar de carro.

Aqui é o deserto, certo? É, geograficamente falando, mas chegando na floresta, uma baita chuva. Alegria de quem nasceu no deserto é andar na chuva. Só que eu nasci em Niterói, no Rio de Janeiro mesmo, imagina a minha alegria... E piquenique na floresta é coisa de chapeuzinho vermelho. Mas essa aqui era a Chapeuzinho Amarelo mesmo.


Debaixo de toda aquela água, que a foto nao mostra, fiz um inocente comentário com o marido: "To com fome. Se nao estivesse chovendo a gente poderia ter trazido os sanduíches de atum para comer aqui."  E ele responde: "Atum aqui pode ser perigoso, é a comida preferida dos ursos."  "Gerald, QUE URSO?" "Nao te falei que aqui tem ursos? Mas eles nao ficam por aqui nao, ficam lá atrás."  Como ele nao me disse isso antes?  Nessa história nao era lobo mau, vovozinha e cacador?

Continuamos a trilha e vem uma família correndo para tirar fotos dos FILHOTES DE URSO que estavam brincando nas árvores a uns 50 metros da gente.  Ali eu já queria sair correndo.  Até que alguém aponta: "A mae tá ali naquela moita."  Fiquei histérica, com medo de sair correndo e atrair a atencao do bicho, e o Gerald na maior calma tira a máquina do bolso e quer continuar a trilha.  Os ursos seguem andando no meio do mato e vao na mesma direcao da trilha que o Gerald quer fazer.  Quando eu vejo a mae-urso sair do mato e pegar o mesmo caminho que a gente NA NOSSA DIRECAO eu nao vi mais nada, corri muito e sei lá do Gerald com a camera na mao.





Do jeito que as fotos sairam tremidas, nao adianta botar culpa na chuva sozinha.  O Gerald  que falou "estar acostumado a andar perto deles", acabou entrando junto comigo na casa da família urso da Cachinhos Dourados.  E eu é que nao queria saber se tinha mingau dando sopa, ou quem virava janta eramos nós.

***

6 comentários:

Blog Feminissima disse...

Oi Vicky, vc é muito corajosa hein? acho que morreria do coração se estivesse em seu lugar.rs Obrigada pela visita em nosso blog, e já aproveitando estamos com uma nova matéria sobre batons vermelhos. Estamos te seguindo okay? beijos

Vicky disse...

Oi querida! Na hora do aperto eu fico anestesiada, demorou para cair a ficha do perigo real. Enfim...

O seu blog tá ótimo! Estou por lá também. Beijao.

Tatiana disse...

Caramba..que susto,hein...e assim de supetao???Podia ter preparado no carro antes...(o gato subiu no telhado...rsrs).
Eu tambem sou a maior Maria gasolina...adoro um passeio de carro, ainda mais sem conhecer o destino!!!
hahaha... e as fotos tremidas dizem tudo!!!
Bjs.
Tati.

Cah_nossovicio disse...

Adorei sua história, e nossa, deve ser muito emocionante ver um urso assim, ao vivo e livre no seu habitat natural!! Mas ach oque eu teria medo também!! hahahah Beijos

Miriam disse...

Hahahahaha, desculpa Victoria, mas essa història tà mto engraçada... Imagino teu desespero real, menina, se fosse eu, nossa, sairia correndo na certa!!! Que aventura, hein?!! Bjca

Vicky disse...

Pra voce ver... Morar nos EUA é correr risco de vida! (Se o Gerald ler isso ele me mata!)

Espero que voces estejam bem. Dá um beijao na Sofia.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin