Picture SNOWSHOEING IN SANTA FE (NEW MEXICO, USA, March 2010)

Vicky Mundo Afora ou Mundoafora? Nao importa. É vida de imigrante. O mundo eh tao grande. Por que deveria passar minha vida inteira no Rio de Janeiro? Preciso viver e falar outras linguas, viver com e como outras pessoas. Um dia eu volto. Para onde? Ora, para casa. Onde eh casa mesmo?



Picture credits on this blog go to my lovely husband, who has never enough of beautiful and interesting views all over the world. If a picture is not his, it will be linked to its original source.

Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 3 de março de 2009

Racismo Politicamente Correto. Sério mesmo?

Quando li o post politicamente correto do Carlos Oliveira eu me lembrei de um episódio dos tempos de faculdade.

Fazendo Ciencias Sociais toda mesa de botequim é uma tese de doutorado. Como eu sempre fui muito mais de ouvir do que falar, acho que acabava tendo o melhor dos "desenvolvimentos filosóficos" já que bebia pouco e via as pessoas indo da sanidade precária (se nao, porque estaríamos estudando sociologia?) até a transformacao da mesa numa literário-filosófica sessao espírita bebada. O que tinha de Karl Marx "baixado" ali no terrero do campus nao era brincadeira. E tudo ateu, viu?

Bem, o máximo da minha transgressao ali foi ser uma patricinha burguesa de escola religiosa no meio de um monte de bicho grilo muito mais velhos que eu - classificacao dada pelos meus excelentíssimos colegas. A redencao só aconteceria se eu escolhesse Sociologia como minha principal área, mas eu era uma reacionária (ouvinte-participante do PCB) e preferia estudar Ciencias Políticas. Era praticamente um limbo na escala de bicho-grilhisse do ICHF.

A época da faculdade foi cheia de descobertas auto-sugeridas - pelos outros. Estávamos uma noite numa discussao etílico-intelectual no pé-sujo da sinuca, regada a Kaiser porque todas as cervejas descentes já haviam acabado. Zumbi dos Palmares provavelmente presidia aquela sessao, quando um dos meus amigos virou pra mim e disse: Vitória, voce é racista. - Ué, por que voce tá dizendo isso? - Porque voce namora um mulato. Isso é racismo. Se voce nao fosse racista voce iria namorar um crioulo...

E eu ouvi isso de um militante do movimento negro. Naquele ponto eu tive que deixar a minha habitual neutralidade cientifica (o meu Max era Weber) e ser partidária da filosofia popular que veio do meu namorado, o mulato mesmo, amigo dele: Qualé o negao, tá querendo enrabar minha mulé e tá cantando ela na minha frente?

Um comentário:

dan disse...

hahahaha boa!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin