Picture SNOWSHOEING IN SANTA FE (NEW MEXICO, USA, March 2010)

Vicky Mundo Afora ou Mundoafora? Nao importa. É vida de imigrante. O mundo eh tao grande. Por que deveria passar minha vida inteira no Rio de Janeiro? Preciso viver e falar outras linguas, viver com e como outras pessoas. Um dia eu volto. Para onde? Ora, para casa. Onde eh casa mesmo?



Picture credits on this blog go to my lovely husband, who has never enough of beautiful and interesting views all over the world. If a picture is not his, it will be linked to its original source.

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 14 de março de 2007

A "Fada Madrinha"

A Louise, vulgo Fada Madrinha, me contratou para ser secretaria de dois Executivos na empresa. O trabalho eh ridiculo mas sabe ingles como eh cheio de frescura, fazem um monte de exigencias e te viram do avesso para saber se voce eh apto a executar o servico, se sabe mexer em computador, se fala linguas, etc. Soh que o servico propriamente eh coisa de retardado, se voce sabe ler e escrever sabe fazer aquelas baboseiras com os pes nas costas. O problema nisso tudo eh que quem assina tudo que diz respeito a mim eh a citada dona lah em cima. Meus chefes sao os chefes mas nao apitam nada. Entendeu? Pois eh, nem eu. Logo essa situacao sempre me irritou desde o inicio.

Quem jah morou na Inglaterra sabe que esse povo fala muito e nao faz droga nenhuma. Sao preguicosos, indolentes, tudo aquilo que na escola ensinaram pra gente como caracteristica de indio Tupi... Pois a tal Fada Madrinha me deu o emprego pagando muuuuuito menos do que as outras secretarias que trabalham aqui e com mais trabalho para fazer do que o "normal". Obvio que eh porque eu sou estrangeira. E ainda por cima eu sou muito doce e ela pensou que poderia simplesmente "montar" e jogar todo o trabalho pra cima de mim. Tudo bem que eh pouca coisa, ninguem faz nada nesse predio, nao sei mesmo como fazem dinheiro nessa compania, mas eh desaforo ela sair cedo todo dia, "trabalhar em casa" toda sexta e segunda, e o pouco que tem que fazer ainda distribui e no final ainda diz que fez tudo... Eh em suma, uma folgada.

Bem, varias coisas e muitos arranca-rabos aconteceram em mais de um ano que trabalho aqui. Sou muito grata a ela que me deu esse emprego (ainda que fosse porque ela me tirou como otaria a principio) mas apesar do salario ultrajantemente baixo essa experiencia serviu para me tirar do ostracismo do gueto de imigrantes para me dar lugar de destaque na vida londrina, ou seja, vida normal. No dia que me emputeci de verdade com as coisas - eu, tao calma e paciente - resolvi botar meu curriculo na rua e em 15 min meu telefone jah estava tocando chamando para entrevistas. Foram soh 20 dias ateh assinar contrato em outra empresa e semana que vem me despeco deste barraco...

Nenhum comentário:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin